Como otimizar uma viagem longa de carro!

Uma “Road trip” (viagem de estrada, normalmente feita em carro alugado) exige um planejamento de equipe ( com todos os viajantes), definições do que cada um vai fazer no grupo, tolerância entre todos no geral, e a capacidade de adaptação aos imprevistos (devido ao estresse gerado por longas distâncias confinados no carro, convivendo durante estes dias com todos os viajantes, e a rotina de entrada e saída de hotéis…)!

Califórnia-Nevada, 26 dias, 9 hotéis em 2015 (com a Esposa)

Califórnia-Nevada-Arizona-Utah, 25 dias, 10 hotéis em 2018 (com Mãe e meu Filho)

Mas vamos falar da primeira vez…E o que aprendemos.

Sempre quis conhecer a Califórnia e fazer uma longa viagem de carro.

Unir os dois seria espetacular sob minha visão! Para minha esposa nem tanto… Ela não curte tanto isto!

Prefere chegar e conhecer logo os locais de avião!

Já tinha ido a Las Vegas, San Diego e Los Angeles, porém, como ela mesma diz “ama com força Vegas”!

Mas eu queria mais, e muito mais! Queria tentar conhecer o máximo possível de tudo ao mesmo tempo, como sempre!

Fiz nosso roteiro de acordo com minhas pesquisas, mas Vânia (minha esposa), não queria tanto ir, preferia ir para a Europa! Mas afinal, será que existe alguém no mundo que poderia não gostar da Califórnia?

Sim, minha esposa! Foi comigo por puro companheirismo e parceria, que sempre procuramos ter.

Ficamos na nossa primeira vez em Las Vegas em 2014 no hotel Wynn.

Top do local! Considero o melhor hotel 5 estrelas de Las Vegas! Ela quase me matou quando soube o preço (algo em torno de US$ 600,00 ao dia). Mas eram 10 anos de casados… Não somos ricos, mas eram 10 anos ao lado de minha amada… Então, eu, mega romântico, quis fazer esta surpresa para ela!

Conseguimos tudo com muita pesquisa minha, e nós dois fazendo muita economia para dignificar os 10 anos de casados.

E  eu ainda  comprei um anel de brilhante e resolvi pedir, novamente minha esposa em casamento, lá, no Grand Canyon (lado Oeste do mesmo) após um passeio de helicóptero…

Que por sinal não saiu conforme o previsto! Muito longe disto, mas isso é história para outro artigo! (Breve)

No final, ok, ela aceitou casar comigo de novo, após 10 anos!!!! Sorte a minha! E a dela também… KKK!

Enfim, aluguei nosso carro pela Hertz (sempre uso a Hertz ou a Alamo, que são as duas maiores empresas nos Estados Unidos).

Faça sua reserva com seguro incluso por este link aqui e escolha uma das duas empresas) e considerei a escolha muito adequada. Serviço muito bom por um preço adequado.

Fomos em 2015 novamente (Las Vegas), desta vez com mãe, sogra e tia Solange ( tia de minha esposa, tão amada por mim), pois era o sonho de tia Solange e nossas mães também amariam Vegas!

Inicialmente fomos para Las Vegas … Era o sonho de vida de tia Solange, e nós já conhecíamos o local…

Este slideshow necessita de JavaScript.

Encontramos ainda um casal amigos e advogados de nossa família, muito queridos (Fernando Leandro e Andréa Ianibelli) e pudemos compartilhar todos estes momentos juntos, com família e amigos! Foi realmente maravilhoso!

Desta vez, fomos um pouco mais longe!

Fizemos Vegas com nossas mães, tia e amigos.

Eles voltaram para o Brasil e lá fomos nós, rumo a Califórnia (eu e minha fiel escudeira de viagem/esposa/co-pilota)!

Fomos para São Francisco (post à parte) e então fizemos uma longa viagem de carro pela Costa (San Francisco à San Diego, retornando à Las Vegas).

Mas isto merece um artigo à parte, dando uma visão geral.

Paramos em vários lugares (que tratarei em artigos individuais).

No total, 9 hotéis e várias cidades! Minha esposa ficou louca com isto!!!

Porque é realmente uma loucura! No sentido bom e ruim ao mesmo tempo.

Nos primeiros dias, fazíamos e desfazíamos malas…

Arrumávamos e desarrumávamos itens de mãos e higiene pessoal…

Depois, aprendemos que:

Se quisermos ser mais ágeis e nos cansar menos, deveríamos otimizar nossas mudanças entre os hotéis!

No final, estávamos totalmente “safos” e nos deslocávamos com muita facilidade, mas demorou, uns 3 ou 4 hotéis para isto!

Aqui vão nossas dicas:

  • Ter o roteiro detalhado por dia (diria que até detalhado por hora, para saber se vai atrasar o check-in no hotel ou não. e segundo minha esposa, que horas podemos fazer xixi!!!). Reservas de hotéis (não deixe para chegar na cidade sem hotel reservado, ou poderá, por causa de algum evento local, ficar no pior hotel da cidade pagando o preço do melhor, por causa da lei da oferta e procura e sua esposa ficar irritada com isto…) Seguro saúde de pelo menos US$ 60.000,00 ( nós usamos os planos…, reserva(s) de carro(s). Se a viagem for longa, recomendo um bom SUV (categoria de carro, em 2015 um Jeep Grand Cherokee e em 2018 um Ford Explorer), por causa do conforto e espaço para os passageiros e bagagens, restaurantes  com horários reservados, vôos impressos, passeios com ingressos comprados antecipadamente (o que evitará perder tempo em filas e serve de documentação comprobatória de viagem turística na imigração e separe todos por dias).  Reserve um lugar na bagagem de mão para isto, pois faz diferença! Tenha toda documentação da viagem sempre a mão (impressa e online – e-mails ou Google Drive e etc…);
  • Ter um GPS (comprado ou alugado). Nós compramos um e sempre o usamos. Já se pagou há tempos, pelo tanto que já foi utilizado! É da Garmin (modelo Nuvi 2597 Lmt);
  • Otimizar suas roupas!  E isto serve para qualquer viagem, sempre! Companhias aéreas cobram um valor bastante alto por excesso de bagagens, assim com as “low costs”, para levar suas bagagens! Levem para a viagem inteira, apenas o necessário, pois várias companhias cobram pela bagagem, e cobram um valor maior ainda quando ocorre o excesso de bagagem (>23kg ou 50 libras) – Minha mãe e esposa já pagaram até 150 dólares por isto! Após muita pesquisa, minha esposa sempre sugere:

Vejam o roteiro, a temperatura e clima do local, e as roupas que combinem entre si! Façam uma mala em que as roupas “conversem” entre elas, com cores neutras, principalmente! E levem bastante em conta os acessórios! Eles são peças chave  para não parecer estar sempre com a mesma aparência nas fotos, principalmente para as mulheres, que se importam mais com isto! E minha esposa sempre se preocupa bastante com este fator, já que eu sou aficionado por fotos e vídeos!

  • Preferencialmente na parte de cima da mala, ou na bagagem de mão, tenha  uma muda completa de roupa! Então, caso tenha que ficar em um hotel, por conta de cancelamento de vôo ou atraso importante (pois já nos aconteceu isto).
  • Levem uma sacola, daquelas que são retornáveis. De preferência as plásticas para não rasgar! Aquelas que usamos para fazer compras ou feira são muito boas! Ou bolsas que possamos colocar itens de higiene pessoal (como escovas e pastas de dentes, sabonetes, shampoos, desodorantes, produtos de lentes de contatos, remédios de uso diário, e etc…). Assim é mais fácil se deslocar de um hotel para o outro e ter a vida facilitada, mesmo mediante todo o cansaço! (às vezes se faz o check-in à noite em um hotel, e já se faz o check-out na parte da manhã, continuando a viagem na estrada à fora… e … parece simples, mas nem sempre é!)
  • Ter dinheiro pequeno (em notas e moedas) para gorjetas e pedágios em mãos e não ser pego de surpresa.  Já pagamos valores significativos (mais de US$ 100,00) de multa de pedágio por não termos dinheiro adequado em mãos, pois, ao contrário do Brasil, nem todos os pedágios tem pessoas disponíveis para lhe atender…

Espero que estas dicas tenham ajudado vocês na próxima viagem!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s